2. - ASSALTO - INÍCIO

A PRIMEIRA PARTE DA PROTO-HISTÓRIA ESTAVA LIDA E PELO MOLENGÃO FOI BEM ACOLHIDA.

NÃO ESTAVA À ESPERA DE TAL NEM A CONSIDEROU NADA MAL.

ERA UM HISTORIAL BEM CONTADO ONDE O TEMPO E O LUGAR FORAM ARREDADOS.

FICOU DESLUMBRADO SENÃO MESMO BANZADO.

DEVIA VIR TAMANHO FRASEADO DE QUEM ESTAVA INSPIRADO.

ERA UM RESUMO PLENO DE SUMO.

TANTOS ENCÓMIOS À PROTO-HISTÓRIA FEZ QUE TALVEZ A QUISESSE RELER UMA E OUTRA VEZ.

FOI PARA ELE UMA VERDADEIRA REVELAÇÃO E LOGO AÍ TOMOU UMA DECISÃO.

A QUIS DECORADA COMO ACONTECIA COM A TABUADA.

POIS TINHA UMA MEMÓRIA DE ELEFANTE E ESSE ERA O SEU GARANTE.

GARANTE DE PÔR A PROTO-HISTÓRIA, TODA NA SUA MEMÓRIA.

O PORQUÊ DE TAL NEM ELE O SABIA AFINAL.

MAS HAVERIA DE SER PROVEITOSO A TAMANHO PREGUIÇOSO.

A PRIMEIRA PARTE DA PROTO-HISTÓRIA POR ELE FOI DECORADA SEM COMETER NENHMA ARGOLADA.

FOI SÓ O INÍCIO DA PROTO-HISTÓRIA DOS TAA EMBORA ELES HÁ JÁ ALGUM TEMPO ANDASSEM POR CÁ.

MAS PARA SABER MAIS DO QUE ESTAVA PARA VIR MAIS ACESSOS AO TAA TINHA DE PEDIR.

AO TAGAAG NÃO QUERIA IR NEM POR ISSO ELE SE DEIXOU ATRAIR.

O TAGAAG AINDA NÃO ESTAVA INSTALADO NEM ELE ESTAVA PARA AÍ VIRADO.

OS TAA NÃO GUARDAVAM PARA SI NENHUM MISTÉRIO POIS O TAGAAG ERA ABERTO A QUASE TODOS DE MODO BEM SÉRIO.

MAS UM LUGAR PARA ELES ERGUEREM O TAGAAG FICOU ACORDADO E AO LADO DA SUA MORADIA ELE SERIA INSTALADO.

UM LUGAR PARA OS TAA ERGUEREM O TAGAAG TINHA POIS ISSO ATÉ LHE CONVINHA.

UM TERRENO SEU, ELE LHES ALUGOU E ASSIM COM MAIS MEALHEIRO A SUA PROGE FICOU.

MAL ELE SABIA QUE ISSO RALAÇÕES LHE TRARIA.

DEPOIS DE INSTALADO, ELE VIU COMO OS TAA FAZIAM E COMO OS HUMANADOS AO TAGAAG TRAZIAM.

COM UM OU OUTRO HUMANADO OS TAA LÁ ÍAM FALANDO. UM OU OUTRO AO TAGAAG LÁ ÍAM LEVANDO.

AINDA ALGUM HUMANADO AO CAIR DA NOITE AO TAGAAG LÁ ÍA POIS PARECIA QUE LHES AGRADAVA O QUE LÁ HAVIA.

PARA O MOLENGÃO TAL ERA UM MISTÉRIO EMBORA ELE FOSSE UM GALDÉRIO.

O QUE NO TAGAAG ACONTECIA ELE NÃO O SABIA.

MAS AO TAGAAG NÃO QUIS IR POIS TINHA MAIS COM QUE SE DIVERTIR.

COM OS SEUS VIDEOJOGOS SE DIVERTIA POIS A UM NÃO LHE RESISTIA.

PASSAVA HORAS E HORAS COM ELE E NÃO SE CANSAVA DELE.

NESSE JOGO ERA PERSISTENTE E A MAIS DAS VEZES INSISTENTE.

TAL JOGO O FAZIA SONHAR, COM CIVILIZAÇÕES E IMPÉRIOS A CONQUISTAR.

A PARTIR DE UM ÚNICO ASSENTAMENTO TINHA DE CRIAR UM IMPÉRIO COM O DECORRER DOS TEMPOS.

O JOGO ANDAVA À VOLTA DE CIDADES E COM ELE ENTRAVA NUMA OUTRA REALIDADE.

COM TAL JOGO CRIARA UMA LIGAÇÃO TÃO FORTE QUE HAVERIA DE O JOGAR ATÉ À SUA MORTE.

DE CINCO EM CINCO ANOS UMA NOVA VERSÃO SAÍA E SEMPRE ALGO DE NOVO TRAZIA.

ERA O ÚNICO VIDEOJOGO QUE JOGAVA POIS SÓ DESSE GOSTAVA.

E NISTO SE PASSAVAM OS SEUS DIAS MAS AO TAGAAG LÁ NÃO ÍA POIS NÃO O QUERIA.

O TAGAAG CONTINUAVA A CHAMAR MAIS GENTE POIS OS TAA SOUBERAM SER DILIGENTES.

ELE MUITO SE ADMIROU POIS AINDA ALGUM HUMANADO NELE ENTROU.

AO PRINCÍPIO NÃO SE VIA POR LÁ MUITO HUMANADO MAS ISSO FOI SÓ NO INÍCIO DELE TER SIDO INSTALADO.

MAS AOS DESPOIS, OS HUMANADOS ERAM À CUNHA PARA NO TAGAAG ENTRAR POIS ELE SE SOUBE ANUNCIAR.

ASSIM HAJA MULHERIO ABONDO E SUFICIENTE PARA A TODOS AVIAR PLENAMENTE.

SOBRE O TAGAAG ERA APENAS ISTO O QUE ELE SABIA POIS O TAA LHE DIZIA QUE LÁ MULHERIO HAVIA.

ALGUMAS HUMANADAS PELO TAGAAG PASSAVAM E POR LÁ FICAVAM.

DO SEU MEALHEIRO ATÉ GASTAVAM POR TAL MAS PORQUE OS TAA NÃO AS TRATAVAM MAL.

POUCA OU NENHUMA PROGE TINHAM E NO BURGO, OS HUMANADOS, COM ELAS SE ENTRETINHAM.

MAS NO TAGAAG ERA OUTRA A CONVERSA POIS A SUA SITUAÇÃO NÃO ERA TÃO ADVERSA.

POIS QUEM NO BURGO AS QUISESSE TERIA QUE PAGAR POR ESSA BENESSE.

PARA NO TAGAAG SE PODER ENTRAR ERA PRECISO PAGAR.

ERA PRECISO O DÍZIMO DO MEALHEIRO PAGO OU RECEBIDO PARA NO TAGAAG SE SER ACOLHIDO.

E MAIS O DÍZIMO DO MEALHEIRO PAGO OU RECEBIDO ERA NECESSÁRIO POIS POR CADA SERVIÇO PRESTADO PELO TAGAAG ERA ESTE O SEU PREÇÁRIO.

NÃO SÓ HAVIA A JÓIA ANUAL COMO NO TAGAAG SE PAGAVA POR CADA RITUAL OU EVENTO ESPECIAL.

QUEM LÁ QUISESSE IR DO SEU BOLSO PAGAVA MAS PARA OS TAA ERA BEM EMPREGUE O MEALHEIRO QUE LÁ SE GASTAVA.

OS TAA SÓ CELEBRAVAM NO TAGAAG OS SEUS RITUAIS E EVENTOS ESPECIAIS E ISSO NÃO ERA NADA DEMAIS.

E NOS NOSSOS RITUAIS E EVENTOS ESPECIAIS SOMOS MUITO FORMAIS.

O TAA COM ESSA CONVERSA VINHA E O MOLENGÃO RESPEITO POR ISSO TINHA.

ELE DIZIA PARA OS SEUS BOTÕES QUE OS TAA NÃO ERAM NADA FOLIÕES NAS SUAS CELEBRAÇÕES.

O TEMPO FOI PASSANDO E LÁ FORAM OS SEUS CERIMONIAIS CELEBRANDO.

POIS OS TAA NO BURGO SE FORAM FIXANDO E MEALHEIRO FORAM AMEALHANDO.

MAS NEM TODO O MEALHEIRO DO BURGO QUE NO TAGAAG ENTROU POR LÁ FICOU POIS A MAIOR PARTE AO BURGO VOLTOU.

ASSIM O MOLENGÃO NÃO FOI O ÚNICO A BENEFICIAR POIS MEALHEIRO DOS TAA AO BURGO TAMBÉM FOI PARAR.

ERA ASSIM QUE ELE O VIA MAS NEM TODOS ÍAM NESSA CANTORIA.

POIS HOUVE NO BURGO UMA REAÇÃO PERANTE ESTA SITUAÇÃO.